ARNALDO DIAS BAPTISTA

“LOKI?”

QUARENTA ANOS DE MUITO A CELEBRAR!

Nessa efeméride de 40 anos de lançamento do clássico álbum “Loki?”, para muitos críticos a referência-chave do rock’n’pop brasileiros, Arnaldo Dias Baptista e sua equipe convidam todos a celebrar com a gente!

 

Nas celebrações de 40 anos do álbum Loki? (1974), propomos comemorarmos quarenta anos de vida e obra de Arnaldo Dias Baptista, reconhecido como um dos maiores gênios entre nossos artistas multilinguagem e que década a década vem renovando seu público, sempre atingindo a geração da vez, que sente ecoar em seus corações a longevidade e atualidade de uma obra que nunca ficou perdida no tempo. Hoje, 87% dos seguidores de Arnaldo Baptista em sua fan page no Facebook está entre 17 e 34 anos, mantendo essa chama acesa. Desde janeiro último, sua página viralizou de forma orgânica, subindo de 25 mil para 73 mil seguidores a um galope que chegou a alcançar mil likes a mais por dia.

 

Tom Zé escreveu o texto abaixo sobre o álbum “Loki?” para o recente lançamento mundial, em formato digital, de toda a obra solo de Arnaldo remasterizada pela Classic Master. Um trabalho de fôlego e independente do time e de voluntários em torno de Arnaldo, não só nos últimos quatro anos, com a adesão da assessora direta Sonia Maia para a Esphera Arnaldiana, mas que se arrasta por mais de 30 anos para que esse tesouro da cultura jovem brasileira chegasse até os fãs e para o acervo de arte da música brasileira.  As obras solo do período de 1973 a 2004, com o celebrativo “Loki?”,  ganharam um aplicativo exclusivo no Brasil pela Deezer, com comentários dos artistas Tom Zé, Arnaldo Antunes, Lulina, Fernanda Takai, Lobão e Fernando Catatau > http://www.deezer.com/app/arnaldobaptista e estão disponíveis nas maiores lojas digitais e serviços de streaming do mundo.

 

Então, vamos celebrar?! Começando de braços dados com Tom Zé e sua experiência ao ouvir “Loki?” pela primeira vez no final do ano passado! Seguindo de mãos dadas com os milhares de fãs e uma lista de mais de 120 voluntários, que se aliam a cada dia, e que doaram seu tempo disponível para que os projetos em torno de Arnaldo chegassem à todos nos últimos quatro anos, como continuarão chegando. Nosso crédito de carinho à eles e elas está registrado no final desta carta. E chegando até nossa maior inspiração,  Arnaldo Dias Baptista, que falou sobre o álbum “Loki?” na sensível pauta de Daniella Zupo para seu programa Agenda, Rede Minas, em 5 de junho passado>

 

Parte 1> https://www.youtube.com/watch?v=CBYbyeRO1yk&feature=youtu.be
Parte 2 > 
https://www.youtube.com/watch?v=FKaFxWcqfWM&feature=youtu.be

 

 

Tom Zé sobre o álbum “Loki?”>

 

 “Pra que eu fui ler o diabo da orientação que manda ouvir o disco a todo volume? O lingerie me afoga. Um disco desses! Quem disse que sou capaz de beber? Ouvir a todo volume? Até baixinho já me afoga, ai meu Deus!

 

É rock em roll? Eu preciso de um médico. Quem disse que um tabaréu com coração pode ouvir rock em roll? Principalmente Arnaldo roll, que fode com a pessoa. Mata e seca o couro com sal no sol.

 

Perdi o controle. Eu preciso de um mé-di-co. Esse Arnaldo rói, esse Arnaldo enrola, esse Ar... nal... Eu preciso de ar.  De ar, de ar, de ar. A primeira música entupiu o quarto. A segunda me arrancou do chão. Quero jogar fora meu diploma. Dói não ter Ar, não ser Arnal do    dói.

 

O que quer dizer “vou voltar pra Cantareira”? E o piano que ele toca? Como pode? Socorro!

 

x-x-x-x-x-x

 

Estou ouvindo agora de novo. Pensei que só se morria uma vez.

SOCORRO, TINHORÃO!

De 74? Como é que eu não tinha ouvido isso? Que seria de minha vida, se.

É só piano, bateria e voz? Parecia uma dúzia de assassinos. Música! Nunca mais. Nunca mais faço uma.  Ainda bem que esse disco me pariu de novo”   Tom Zé sobre o álbum “Loki?”

 

Como todos podemos celebrar?

 

Que venham as matérias, as críticas, as leituras, os apoios e patrocínios a projetos em torno desse artista que tanto toca o coração das pessoas através de macro e micro criações como essas duas receitas de Arnaldo para a sustentabilidade bondosa do Planeta:

 

“Tente Manter Contente o Suficiente” e “Dê Uma Chance ao Suficiente”

 

Essa última, uma releitura da famosa frase de John Lennon, “Give Piece a Chance”, que Arnaldo reinventou para “ Give Enough a Chance”.

 

O bloco já está na rua há 40 Anos. Vamos fazer ecoar a arte de Arnaldo Baptista, um convite à todos que beberam e beberão dele e de suas influências – os diversos sons, poesias, artes e filosofias.

 

Arnaldo e sua equipe estarão celebrando junto com alguns parceiros e profissionais-fãs, que se juntaram à nós para tornar realidade alguns projetos já nesse segundo semestre. Esperamos sensibilizar patrocinadores para replicarmos essas iniciativas e contamos com todos para #escrever, #postar, #compartilhar!

 

 

Concertos e projetos

 

-  Concerto “Sarau o Benedito?”, no Theatro Cine Brasil, Belo Horizonte, 3 de agosto, domingo, 19:00hs, como parte da turnê iniciada em 2011 no Sesc Belenzinho SP. Esse show é uma produção independente de Sonia Maia, assessora direta e produtora executiva de Arnaldo Dias Baptista e Lucinha Barbosa, uma tentativa de mostrar aos produtores de outras capitais que esse show é viável o suficiente para que o impulsionem em suas cidades. Ingressos pelo ingresso.com já à venda> http://migre.me/jNP5m

 

- O mesmo concerto acontecerá ainda no próximo semestre no Rio de Janeiro, com a possibilidade  de se transformar em DVD, junto com outras gravações dessa turnê, registradas por Helga Simões nos shows pós Sesc Belenzinho SP, esse captado por Marcelo Machado/Varal Produções e Egberto Nogueira. Existem três video-clips na rede desses shows: “Cê Tá Pensando Que Eu Sou Loki?”(Marcelo Machado/Varal Produções), “I Don’t Care”, (ibidem), “Yesterday” (Helga Simões)> links no final.

 

- Lançamento de campanha convidando video-makers a realizarem clips de canções das obras “Singin’Alone” e “Loki?”. Temos já as seguintes adesões: Almir Almas, videoartista e professor de direção do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da ECA/USP, e grupo de seus alunos, que buscarão patrocínio também via crowdfunding para dois clips, além de Carou Araújo, criadora do projeto Cabezas Flutuantes de Belo Horizonte, e Paulo Henrique Fontenelle, diretor do premiadíssimo documentário "Loki! Arnaldo Baptista”.

 

- Com certeza o mesmo concerto retornando à São Paulo, para atender essa nova legião de fãs que chegaram via mídias sociais de Arnaldo, hoje com 73 mil likes na sua fan page no Facebook, um crescimento orgânico de 25-73 mil nos últimos cinco meses.

 

- Segunda exposição individual de Arnaldo Dias Baptista, com curadoria de Márcio Harum, pela Galeria Emma Thomas, que acontece de  20 de novembro 2014 até 10 janeiro 2015.

 

- Será disponibilizado um estúdio de ponta em São Paulo, para que sete artistas convidados possam usar as horas necessárias para gravar sua versão de uma música da obra solo de Arnaldo Baptista. A iniciativa quer inspirar outros músicos a fazerem o mesmo, em um projeto homenagem, que terá todo o apoio e curadoria do próprio Arnaldo Baptista e sua equipe. Estaremos anunciando mais detalhadamente esse projeto logo após a Copa.

 

O que aconteceu nos últimos quatro anos

 

2014 – Arnaldo Dias Baptista e a galeria Emma Thomas são os escolhidos pelo curador Rodrigo Moura (Inhotim) para ocuparem um dos nove espaços no Solo Project na SP-Arte 2014.

 

2014 Participa da coletiva “Ateliê dos Músicos”, no Sesc Vila Mariana, ao lado de músicos e artistas plásticos como Cibelle, Kiko Dinucci, Karina Buhr e Tulipa Ruiz, que levaram essa linguagem multifacetária tão comum nos artistas de hoje, que expandem sua arte para além da música. Na mesma ocasião, volta ao Teatro do Sesc Vila Mariana para sua segunda apresentação lá do concerto “Sarau o Benedito?”. A primeira aconteceu logo após a 8ª Virada Cultural São, para atender aos fãs que não conseguiram entrar no sarau do Theatro Municipal de São Paulo.

 

2013 – Faz a voz de “O Chapeleiro Maluco” para a peça Alice no País das Maravilhas, do grupo Giramundo e seu teatro de bonecos.

 

2013 – Leva seu “Sarau o Benedito?” para o Centro de Cultura Lucio Fleck, em Sapiranga, RS, pelo Morrostock.

 

2013 – Participa da SP-Arte 2013 e de coletivas e feiras internacionais pela Galeria Emma Thomas.

 

2013 – Cria, ao vivo e ao piano, sua trilha sonora para o curta Viagem à Lua, de George Méliès, que abriu o evento Noite Branca no Palácio das Artes em Belo Horizonte, parte do calendário de eventos do Festival Internacional de Curtas de BH.

 

2012 - Tem seu conto “The Moonshiners” traduzido e publicado na “Ilustríssima” da Folha de São Paulo.

 

2012 - É chamado pela revista Bravo para ilustrar a matéria sobre o livro “Festa do Covil’, do escritor mexicano Juan Pablo Villalobos.

 

2012 – Participa da SP-Arte 2012 e de coletivas e feiras internacionais pelas mãos de sua galeria Emma Thomas.

 

2012 – Dá continuidade à turnê de seu concerto “Sarau o Benedito?”, lançada em outubro de 2011 no Teatro do Sesc Belenzinho, em um retorno solo aos palcos de Arnaldo Baptista  trinta anos depois de seu último show nesse formato no Teatro do TUCA-SP, em 1981.  Arnaldo foi o grande homenageado da 8ª Virada Cultural-2012. Além do sarau histórico no Theatro Municipal de São Paulo, seus desenhos e pinturas serviram de cenário para praticamente todos os palcos da Virada. Frases expressando sua filosofia e poesia estavam também estampadas nos 60 totens informativos do evento. Voltou um mês depois ao palco do Sesc Vila Mariana para atender fãs que não conseguiram entrar no Municipal. De lá, partiu para outra apresentação clássica no Teatro de Santa Isabel pela MIMO2012. A turnê seguiu para o Salão de Atos da UFRGS, Porto Alegre, e nos teatros dos Sescs Sorocaba e Santos. Arnaldo fechou 2012 com duas apresentações apoteóticas em dezembro no legendário Teatro do Sesc Pompeia.

 

2011 – Coletivo de produtores e músicos gravam remixes da música “To Burn or Not To Burn”, lançado posteriormente pelo selo d-edge no digital e disponível no iTunes. 1 To Burn or Not To Burn (Arnaldo Baptista) <Gravação original produzida por John Ulhoa> 2 Glocal’s Novelas Breakdance mix <Produtores: Dani El Souto e Lennox Hortale> 3 Rotciv remix <Produtor: Victor Rotciv> 4 Monsters at Work RMX <Produtores: Renato Poletto e Ricardo Koji> 5 GuriFlu remix <Produtor: Flavio Flu> <Guitarra: Guri Assis Brasil> 6 Thomash remix <Produtor: Thomas Haferlach> 7 Pejota Fernandes & Hubert Remix <Produtores: Pejota Fernandes e Hubert> 8 Bmind & Roger Brito burning lavender mix <Produtor: Bmind> <Trompete: Roger Brito> 9  Zopelar remix <Produtor: Pedro Zopelar> 10 Renato Patriarca & Marco Andreól remix <Produtores: Renato Patriarca e Marco Andreól> <Vocal: Natalia Barros> <Guitarra: EFX Luna (Alexandre Patriarca)> 11 L_cio - burn remix <Produtor: L_cio> <Backing vocal – Karine Rossi>  12 Holocaos rmx <Produtor: Holocaos> 13 DJ Magal vs. L_cio remix <Produtores: DJ Magal e L_cio>

 

2010 – Passa a ser artista exclusivo da Galeria Emma Thomas. Participa de coletiva promovida pela galeria e da SP-Arte 2010.

 

****

 

UM MUITO OBRIGADA!

De Arnaldo Baptista, Lucinha Barbosa, Sonia Maia e Luciana Arruda (AZPI)

 

À todos os milhares de fãs e à todas as crianças, em especial Nina Ulhoa e Mariana Devin (ambas 10 anos),  Manuela Halfeld (8 anos) e Tom Pizzani Pietro (3 anos). Thanks: Alê Briganti, Alejandro Marjanov, Alex Freitas, Alexandre Patriarca, Almir Almas, Ana Lucia Queiroz, Ana Silvia Forgiarini, André Burian, Andrea Merkel, Ariene Ferreira, Arnaldo Antunes, Beatriz Franco do Amaral, Bmind, Brigida Campbell, Bruno Verner e Eliete Mejorado (Tetine), Carlene Lima, Carlos Freitas (Classic Master), Carola Beresi González, Carou Araújo, Celso Loducca, Daniel El Souto, Daniel Mellinger Dias Baptista, Daniel Moretti, Daniel Perini,  Daniele Merola, Davidson Iuspa, Dinho Monsters at Work, DJ Magal, Eduardo Rangel, Eduzal (Eduardo Fernandes), Egberto Nogueira,  Equipe AZPI, Equipe da Loducca, Equipe da S2Group, Equipe MIMO2012, Equipe Queijo Elétrico, Equipes 8a Virada Cultural SP, Equipes SESCS Belenzinho, Pompéia, Vila Mariana SPs, Sorocaba e Santos, Estela Alcântara, Fabiana Figueiredo, Fabiano Fonseca, Fabio Heizenreder, Felipe Gasnier, Fernanda Takai, Fernanda Trombino, Fernando Brandt, Fernando Catatau, Fernando Tubarão, Flaviana Bernardo, Flavio Flu Santos, Flavio Trombino, Francisco Raul Cornejo, Franja (Marcos Cicerone), Galeria Emma Thomas, Grace Lagoa, Guri Brasil, Helga Simões, Holocaos Miranda, Hubert, Igor Marotti, João Diniz, John Ulhoa, Joyce Pascowitch, Juliana Freire, Karine Rossi, Katia Cesana, L_cio, Leila Sznelwar, Lennox Hortale, Lobão, Luciana Arruda (AZPI), Lucinha Barbosa, Luiz Fernando Cysne, Lulina, Mano Browser-Zabarov, Marcella Haddad, Marcelo Lopes, Marcelo Machado, Marco Andreól, Maria Eduarda Vianna de Matos, Maria Maier, Mariana Ximenes, Mariane de Biazi Goldberg,  Marta  Oliveira, Martha Mellinger, MIMO2012, Monica Martins, Natalia Barros, Nathalia Cruz, Nelsa Trombino,Paulo Henrique Fontenelle, Pedro Metz, Pedro Zopelar, Pejota Fernandes, Renato Patriarca, Renato Poletto, Renato Ratier, Restaurante Xapuri, Ricardo Agostinho - S2Group, Ricardo Spessoto (ASSIM), Roger Brito, Rubens Amatto, Rubens Azevedo, Samuel Reis – Eleffante, Sandra Coutinho, SESCS Belenzinho, Pompéia, Vila Mariana SPs, Sorocaba e Santos, Sonia Maia, Tânia Rodrigues, Tatiana Vianna, Thais Rebello, Thalita Matta Machado, Thomas Haferlach, Tom Zé, Truco, Varal Produções, Vera Barbosa,Victor Rotciv! E à todos que sabem estão em nossos corações!

 

***

Contato:  Sonia Maia – arnaldobaptista9@gmail.com Tel..: +11 9 9249 6585

 

 

Material fotográfico:

Disponível via https://www.hightail.com/folders

Login: soniamaiauk@yahoo.co.uk

Password: arnaldobaptista9

 

Outros links:

Clip “Cê Tá Pensando Que Eu Sou Loki?”

http://www.youtube.com/watch?v=9ewTKqXxyi8

 

Clip “Yesterday”

http://www.youtube.com/watch?v=zzxfG1V_oLk

 

Video ”Lentes Magnéticas” – Arnaldo fala de seu trabalho como artista plástico

http://www.youtube.com/watch?v=L65cIdYI6lM

 

Link clipping e midias sociais

https://docs.google.com/folder/d/0B4V_vFS8GbbCb3d2WFozMmE4S0U/edit

 

 

FIM